PontoZurca

LATEST NEWS

HÁ MÚSICA NA CASA DA CERCA | Osso Vaidoso

Concertos ao Pôr do Sol no Parque de Escultura da Casa da Cerca, Almada

Sexta-feira 23 de Junho entrada gratuita
19h Playlist de: Cáudia Dias (Coreógrafa) – “Música para os Cinco Sentidos – Tacto”
21.30h Concerto: OSSO VAIDOSO

cartaz_individual_osso_vaidoso FINALISSIMO

Concertos ao Pôr do Sol
Realizam-se no Parque de Escultura da Casa da Cerca e convidam a disfrutar da bela vista sobre o Tejo acompanhada de música: uma playlist de um convidado; um concerto ao vivo.

vídeo: Estórias da nuvem

TCHEKA Concerto ao Pôr do Sol Maio

HÁ MÚSICA NA CASA DA CERCA | Tcheka

Depois dos concertos com Fernando Mota (instrumentista), e Jeffery Davis (vibrafone) no novo formato do programa Há Música na Casa da Cerca – Música nas Exposições, daremos início aos Concertos ao Pôr do Sol no Parque de Escultura da Casa da Cerca, Almada.

Sábado 27 de Maio entrada gratuita
19h Playlist de: Rui Roque (Chef) – “Música para os Cinco Sentidos – Paladar”
21.30h Concerto: TCHEKA

vídeos Solo Live Sessions TCHEKA aqui

cartaz_individual_tcheka FINALISSIMO 2

Música nas Exposições novo formato deste programa que se cruza com a “Obra Aberta” organizada pela Casa da Cerca, propõe a exploração de instrumentos solo, numa apresentação de improvisação e interação com uma obra, promovendo um diálogo entre as artes, desencadeando diferentes leituras, estimulando outros sentidos.

vídeo: Estórias da nuvem

HÁ MÚSICA NA CASA DA CERCA 2017

A 3ª edição do ciclo Há Música na Casa da Cerca tem início dia 11 de Março com a apresentação de Fernando Mota, na Galeria Principal da Casa, pelas 18h30.

Há Música na Casa da Cerca é um programa de música desenvolvido pela Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea em parceria com a PontoZurca – editora e produtora discográfica. Realiza-se entre março e setembro em vários espaços da Casa, apresentando uma seleção musical eclética nos formatos – Concertos Invisíveis; Concertos ao Pôr-do-Sol e Música nas Exposições.

Entrada Gratuita
Classificação etária: Para todos os públicos
Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea em Almada

frente_com_logos

verso_com_logos

ALINE FRAZÃO Sol de Novembro | Live in Tivoli BBVA

Gravado ao vivo no Tivoli BBVA, Outubro 2016. Tour Insular in Portugal by Im.par.

Concert credits
Aline Frazão vocals e guitar André Moreira bass Ana Isabel Dias harp Marco Pombinho electric guitar/piano Miroca Paris drums and percussion

Pedro Leston lights
Sérgio Milhano|PontoZurca sound
Inês Mota|Im.Par production

“Sol de Novembro” lyrics and music by Aline Frazão, in “Insular” (2015, NorteSul/Jazzhaus)

Audio recording and mix
Sérgio Milhano | PontoZurca

Image André Carrilho, José Dinis, Nuno Neves, Telmo Domingues
Edition José Dinis, Nuno Neves
Production Mariana Correia, Other Features
Executive Production Aline Frazão, Jazzhaus Records, Handshake Booking
www.alinefrazao.com

AlineFrazao_SoldeNovembro_PontoZurca AlineFrazao_Tivoli_PontoZurca

DEOLINDA | Celebram 10 anos de carreira nos Coliseus

Os Deolinda celebram uma década de canções, concertos, discos, viagens, prémios e memórias nos Coliseus, primeiro em Lisboa, a 28 de Janeiro, depois no Porto, a 4 de Fevereiro. A escrita do guião destes dez anos encontra-se actualmente no capítulo “Outras Histórias“, o último álbum de originais de onde foram retirados os singles “Corzinha de Verão” e “Manta para dois“, e ainda o tema “A velha e o DJ” que, em colaboração com Riot (Buraka Som Sistema), acentua a faceta mais festiva e a facilidade que os Deolinda têm em estabelecer um diálogo com outros estilos musicais.

Outras Histórias” acaba de ser reeditado numa edição especial que, para além do álbum, inclui o CD com os concertos de Lisboa, no Tivoli BBVA e Porto, na Casa da Música, com a participação de Manel Cruz (Ornatos Violeta) no tema “Desavindos” e ainda versões ao vivo dos grandes sucessos dos Deolinda como “Fado Toninho“, “Movimento Perpétuo Associativo“, “Um Contra o Outro” ou” Seja Agora“, entre muitos outros.

Gravação ao vivo Auditiv (Lisboa), PontoZurca (Porto)

Mistura Sérgio Milhano, Estúdio PontoZurca

Masterização Uwe Teichert, Elektropolis Mastering Studio, BEL

Ciclo Há Música na Casa da Cerca 2ª edição

Sábado dia 24 de Setembro encerraremos as sessões dos CONCERTOS AO PÔR DO SOL do ciclo Há Música na Casa da Cerca 2016. – Centro de Arte Contemporânea em Almada

19h >> Playlist “Que músicas te inspiram?” de: DJ Glue (DJ e Produtor)
21.30h >> Concerto: Bicho do Mato

capapost_pontozurca

CONCERTOS AO PÔR DO SOL:
Medeiros/Lucas
Aline Frazão
a Jigsaw & The Great Moonshiners Band
Joana Barra Vaz
Bicho do Mato

CONCERTOS INVISÍVEIS:
Ângelo Freire | Guitarra Portuguesa
Hugo Antunes | Contrabaixo
João Barradas | Acordeão

Sob o tema da exposição anual da Casa da Cerca – “A Inspiração”, partilhámos novamente em cada Concerto ao Pôr do Sol a playlist de uma personalidade convidada. “Que músicas te inspiram?” foi o ponto de partida para conhecermos as escolhas musicais dos nossos convidados entre eles actores, artistas plásticos e músicos.

Fotografias de Florbela Salgueiro | Neuza Magalhães | Nuno Realinho | Walter Sousa

ALINE FRAZÃO | Concertos INSULAR em Outubro

Aline Frazão prepara um novo espectáculo, que conta com um elenco de luxo em todas as frentes, desde os músicos até às luzes, desde a cenografia e do som até à produção. Serão 4 bonitas noites em 4 salas belíssimas.

alinefrazaocartazout_pontozurca

Produção IM.PAR
Fotografias Fradique

“Susana” é a música que encerra o Insular. Uma das mais bonitas do cancioneiro angolano, letra e música da Tia Rosita Palma, inigualável na voz da sua irmã, Belita Palma. Num terraço de Luanda, bem no final do Cacimbo, Aline e Toty Sa’Med deram-lhe vida outra vez, tal como fizeram no disco. Ao vivo, num só take, realizado por Fradique.

TREVO lançamento álbum de estreia

A sorte cantada em português.

Chamam-se TREVO e prometem contaminar a música portuguesa de canções, no seu estado mais puro.

Letras simples e mordazes, com histórias de todos nós, onde a pop se funde com o funk, o reggae, o rock e o punk, são a fórmula da banda constituída por Gonçalo Bilé, Ivo Palitos e Ricardo Pires.

“Face meu, Face meu” é o single de apresentação do TREVO cujo disco de estreia será editado no dia 16 de Setembro, pela PontoZurca. No dia seguinte, 17 de Setembro, o Estúdio da Time Out recebe o TREVO para o concerto onde a banda dará a conhecer as doze canções que constituem o seu álbum.


Na música como em tudo na vida é preciso sorte. Gonçalo Bilé (voz e guitarra), Ivo Palitos (bateria) e Ricardo Pires (baixo) tiveram a fortuna de cruzar os seus destinos e influências musicais fazendo nascer o TREVO. Em dezembro de 2015 gravam o primeiro álbum, de autoria integral, no estúdio PontoZurca com produção de João Martins (Da Weasel) e Sérgio Milhano (Aline Frazão).

TREVO Álbum de estreia à venda 16 Setembro

Concerto de Apresentação 17 Setembro Mercado da Ribeira Estúdio Time Out

Digital_Plataformas

TREVO | Concerto apresentação do álbum de estreia

Na música como em tudo na vida é preciso sorte. Gonçalo Bilé, Ivo Palitos e Ricardo Pires tiveram a fortuna de cruzar destinos musicais e influências.
O resultado é um álbum com um punhado de canções em estado puro, onde a presença das guitarras se combina com histórias que são ou já foram as nossas. Sem esconder a intenção de cruzar o rock que pisca o olho ao punk com a música tradicional, o Trevo segue no caminho de nomes como os Peste e Sida ou os Sitiados, mas com uma identidade muito própria e atual, a que se junta uma energia bem vincada no ADN. Temas como “Face Meu” entranham-se à primeira audição.
E se no fim se notar que estes três rapazes passaram muitas e boas noites da adolescência com um copo na mão a beber o som de Jorge Palma, então não é pura sorte.
Trevo nasceu agora e está pronto a colher.

Todos os detalhes para assistir ao concerto aqui!

Concerto de DEOLINDA ao vivo na TVi24 | Outras Histórias

“Os Deolinda estiveram este domingo no Jornal das 8 da TVI e na TVI24 para um concerto de apresentação do seu novo álbum, que se intitula “Outras histórias”, lançado a 19 de fevereiro.

No quarto trabalho discográfico dos Deolinda, registado em co-produção com João Bessa, destaque para as participações de Manel Cruz (Ornatos Violeta), que aparece em dueto com Ana Bacalhau, no tema “Desavindos” e de Riot (Buraka Som Sistema), numa inesperada colaboração em “A Velha e o DJ”. A Orquestra Sinfonietta de Lisboa, conduzida pelo Maestro Vasco Pearce de Azevedo, com os arranjos para cordas escritos por Filipe Melo, é outra das presenças no disco.”

Ana Bacalhau, voz
Luís da Silva Martins, guitarras, cavaquinho
Pedro da Silva Martins, guitarra
Sérgio Nascimento, percussão

Broadcast: Sérgio Milhano (PontoZurca)
Áudio estúdio: Ângelo Lourenço

Source: Deolinda | TVI Player

Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa telf: 218807030 www.centroarbitragemlisboa.pt