PontoZurca

LATEST NEWS

CIRCULAR em Improvisação Dirigida

CIRCULAR é um ensemble de experimentação e improvisação vocal formado por sete cantoras oriundas de diferentes países como Argentina, Itália e Portugal, com diversas influências e distintos backgrounds musicais.

CIRCULAR em Improvisação Dirigida

Vozes | Aida Rosa // Aixa Figini // Camila Masisso // Elena La Conte // Josina Filipe // Helena Helft // Helena Reis // Nazaré da Silva

Direcção Musical | Aixa Figini
Imagem | Helena Gökotta // Inês Sambas // Lucas Bois
Edição | Gökotta

Som | Sérgio Milhano

Filme AR CONDICIONADO | Música de ALINE FRAZÃO

Ficha Técnica Banda Sonora
Produção Musical, Composição, Letra e Arranjos | Aline Frazão

Fender Rhodes, Piano desafinado | Aline Frazão
Congas, Kissanje e Percussão | Iúri Oliveira
Contrabaixo | Francesco Valente
Fliscorne e Trompete | Raidel González Ortiz
Trombone | Lázaro Niño Gutiérrez
Voz (tema Matacedo) | Paulo Flores
Violão | Marku Peão
Dikanza | Yasmane Santos
Violoncelo | Enrique Cupull Barrientos

Captação e Mistura | Sérgio Milhano no estúdio PontoZurca, Almada
Gravações Adicionais | Hélder Albino no estúdio Radio Vial, Luanda
Masterização | Frederico Cristiano

Ficha Técnica Filme
Realizador | Fradique
Produtor | Jorge Cohen
Guião | Fradique & Ery Claver
Dir. de Arte & Produção | Prudênciana Hach
Dir. de Fotografia | Ery Claver
Música | Aline Frazão
Artista Convidado | Cafuxi

Produção Geração 80

Sinopse PRESS KIT
Quando os ares condicionados começam misteriosamente a cair dos apartamentos na cidade de Luanda, Matacedo e Zezinha, um guarda e uma empregada doméstica, tem a missão de recuperar o aparelho do chefe. Essa missão leva-os à loja de materiais eléctricos do Kota Mino, que está a montar em segredo uma complexa máquina de recuperar memórias.

“Ar Condicionado” é uma jornada de mistério e realidade, uma crítica sobre classes sociais e como nós vivemos em conjunto nas esperanças verticais, no coração de uma cidade que é passado-presente-futuro.

“Ar Condicionado”, do realizador angolano Fradique, concorre aos prémios Audience Award e Pipresci Award do Festival Internacional de Cinema de Roterdão, na Holanda.

O filme “Ar Condicionado” está seleccionado na categoria Bright Future que distingue talentos emergentes e terá estreia mundial durante o festival, que decorre até 2 de fevereiro.

A longa-metragem do realizador angolano Fradique narra a história do guarda Matacedo e da empregada doméstica Zezinha, que trabalham no mesmo prédio, no centro de Luanda, onde os aparelhos de ar condicionado começam misteriosamente a cair. Aos dois protagonistas cabe a tarefa de recuperar o aparelho do chefe.

O filme tem estreia marcada em Angola no mês de abril e, para além da presença em Roterdão, também será exibido no Redsea Film Festival, na Arábia Saudita, no Festival Internacional do Filme de Fribourg, na Suíça e ainda no Festival Internacional de Cinema de Innsbruck, na Áustria.

Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa telf: 218807030 www.centroarbitragemlisboa.pt PONTOZURCA 2009