PontoZurca

LATEST NEWS

TODO O MUNDO É UM PALCO | Beatriz Batarda e Marco Martins

“Dezanove intérpretes executam agora uma coreografia ao som de Imagining my Man, de Aldous Harding. O público observa atentamente; um bebé caminha em palco. Os movimentos são bastante simples mas a contagem rítmica é complexa e a música longa. A propósito deste momento, o Bruno disse: – …mal consigo memorizar os movimentos, mas é sempre uma delícia dançar com os meus amigos.”
in “Todo o Mundo é um Palco”

A propósito da celebração dos 150 anos do Teatro Trindade, Marco Martins e Beatriz Batarda propõem uma reflexão sobre o Teatro e os processos de tradução nele envolvidos. Convocando para o palco um grupo de vinte habitantes da cidade de Lisboa (intérpretes profissionais e não-profissionais) de nove nacionalidades distintas, os autores operam sobre as memórias individuais daqueles que nela habitam para traçar a cidade.
Estabelece-se um jogo que parte da construção das histórias pessoais, questionando o lugar do individuo, do grupo e do diálogo.
Construído ao longo de um processo de seis meses de trabalho, “Todo o Mundo é um Palco” pretende ser uma celebração do Teatro enquanto desejo de identificação com o outro e lugar de transformação, que se serve de todas as formas de tradução para dar voz à memória, ao corpo e à projecção que fazemos de nós no futuro.

Criação: Arena Ensemble
Encenação: Beatriz Batarda . Marco Martins
Colaboração: Victor Hugo Pontes

Com: Carolina Amaral . Miguel Borges . Romeu Runa e Aline Caldas . António Gama . António de Vasconcelos . Abdelkader Benmerdja . Bruno Massy . Dewis Caldas . Haitham Khatib . Hélder Pina . Jorge Mendonça Oliveira . Laure Cohen-Solal . Lucas Sadalla . Malena Camargo Caldas . Marco Pedrosa . Mick Mengucci . Moin Ahamed . Pascoal Silva . Safira Robens

Espaço Cénico: Fernando Ribeiro
Desenho de Luz: Nuno Meira
Sonoplastia: Sérgio Milhano
Fotografia: João Tuna
Comunicação: Maria João Taborda

Workshop Improvisação Beatriz Batarda . Marco Martins . Romeu Runa . Victor Hugo Pontes
Workshop Movimento: Romeu Costa
Workshop Música: Nuno Rafael

Assistência de Encenação e Vídeo: Rita Quelhas
Assistência de Vídeo: Kate Saragaço Gomes
Assistência de Cena: Marta Medeiros
Pesquisa e Documentação: Zé Pires
Estagiária: Teresa Mata

Direção de Produção: Mariana Brandão
Produção Executiva: Arena Ensemble
Produção: Teatro da Trindade / Fundação INATEL

Apoios: Ministério da Cultura | RTP | C. M. Lisboa
Classificação Etária: M12

SUNSET SUMMIT | WEB SUMMIT 2017

A PontoZurca foi convidada a apresentar-se na Sunset Summit – espaço de arte urbana Portuguese Art & Music – evento integrado na Web Summit 2017.

Dias 7 e 8 de Novembro entre as 16h e as 20h o evento apresenta bandas e artistas nacionais no Pavilhão de Portugal onde estão também representados: Azáfama – Produções Artísticas, GDA, Primetime Records, SPA, Turbina, WAM – We Are Music e Why Portugal.

Com produção técnica da NCS, o nosso agradecimento pelo convite.

LODO | apresentação do single PRISÃO

 

Os LODO são uma banda composta por quatro elementos que encontram a sua linguagem comum na combinação de influências do pós-rock de aquém (Riding Panico, Linda Martini) e além-fronteiras (If the Trees Could Talk, Mogwai, Russian Circles, Caspian).
Dois anos depois da sua primeira actuação, a banda foi finalista do NOS Live Act, que distingue projectos musicais emergentes, garantindo a sua actuação no Festival NOS Alive 2015. A apresentação regular dos temas da banda ao vivo em vários pontos do país, bem como a colaboração próxima com outros projectos musicais, asseguraram as condições necessárias para a gravação do primeiro trabalho da banda, em Dezembro do mesmo ano.

Preparam-se agora para o lançamento do segundo EP com a apresentação do single Prisão.

Realizado por Pedro Caldeira e Paulo Graça
com Miguel Sá Nogueira e André Santos
Uma co-produção Tripé e LODO

Direção de Fotografia: Paulo Martinho
Edição: Pedro Caldeira
Assistência de Produção: Ariana Santos

Excertos dos poemas “A.S.”, “Costela Comum” e “Segunda Oração” da obra “Outono Primário” gentilmente cedidos por Mara Silvério e narrados por Miguel Sá Nogueira

Música: LODO

Gravação, Mistura e Masterização: Sérgio Milhano no Estúdio PontoZurca

Agradecimentos: João Caldeira, Hugo Fernandes, Sofia Seno, Carla Dos Santos, Filipa Fernandes, Catarina Miranda e Susana Mendes

Rufino – Guitarra, Vozes, Teclas
Bernardo – Baixo, Vozes
Cotovio – Guitarra, Vozes
Carlitos – Bateria, Vozes

ANA BACALHAU | estreia álbum a solo

Em Janeiro Ana Bacalhau desvenda “Nome Próprio” no Teatro Tivoli BBVA e na Casa da Música

Janeiro é o mês escolhido por Ana Bacalhau para os concertos de apresentação do seu primeiro álbum a solo, “Nome Próprio”, em Lisboa e no Porto – nos dias 26, no Teatro Tivoli BBVA e 31, na Casa da Música. Datas que se juntam à praticamente esgotada noite em Loulé, e a Vila do Conde e Aveiro.

Em concerto, Ana Bacalhau será acompanhada por Luís Figueiredo (piano, teclados), Luís Peixoto (cavaquinho, bouzouki, bandolim), Zé Pedro Leitão (contrabaixo, baixo) e Alexandre Frazão (bateria, percussão).

Editado a 20 de Outubro, o álbum marca a aguardada estreia em “Nome Próprio” de uma das mais aclamadas intérpretes portuguesas da actualidade e tem vindo a revelar a energia contagiante e a boa disposição autêntica de que é feito. “Tenho bichos-carapinteiros. Também são carpinteiros, claro, mas, sobretudo, carapinteiros”, lembra Ana Bacalhau.

Agenda
3 de Novembro | Teatro Louletano, Loulé
25 de Novembro | Teatro Municipal de Vila do Conde
1 Dezembro | Teatro Aveirense, Aveiro
2 Dezembro | Casa das Artes, Vila Nova de Famalicão
9 Dezembro | Teatro Diogo Bernardes, Ponte de Lima
26 Janeiro | Teatro Tivoli BBVA, Lisboa
31 Janeiro | Casa da Música, Porto

Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa telf: 218807030 www.centroarbitragemlisboa.pt